www.guajarahoje.com.br
Vaca morre após ser atropelada na Br 425, área urbana da cidade. Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_1347" align="aligncenter" width="640"] Vaca atropelada na BR 425[/caption] A vaca foi atropelada em frente a Distribuidora Brasil, no in [caption id="attachment_1347" align="aligncenter" width="640"] Vaca atropelada na BR 425[/caption] A vaca foi atropelada em frente a Distribuidora Brasil, no in Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » Vaca morre após ser atropelada na Br 425, área urbana da cidade.

Vaca morre após ser atropelada na Br 425, área urbana da cidade.

20150328_004425

Vaca atropelada na BR 425

A vaca foi atropelada em frente a Distribuidora Brasil, no início da madrugada de sábado por um automóvel conduzido por uma professora aposentada, que trafegava na BR 425, sentido Nova Mamoré-Guajará-Mirim.

O animal estava solto e atravessou a BR no momento em que o carro passava pelo local e a motorista não pôde evitar o impacto. Na colisão, a vaca cai ao solo e ficou se debatendo sem conseguir se levantar. Apesar dos danos materiais causados no veículo, a professora não se feriu.

20150328_004206

Uma guarnição da PM esteve no local e atravessou a viatura próximo o animal com o giroscópio acionado. Populares afastaram a vaca para o acostamento visando evitar outros acidentes. O proprietário do animal não havia sido identificado até o fechamento desta matéria. A ocorrência foi registrada na delegacia de polícia para as devidas providências.

10418420_939743782722663_4318642003790028359_n

Apesar da vigência de uma lei municipal, que prevê punições para os casos de animais soltos na zona urbana do município, são frequentes os flagrantes deste tipo de irregularidade, especialmente, animais que vem do bairro Planalto e ficam andando em direção a BR 425, onde o tráfego de veículos é constante.

PUNIÇÕES DA LEI

A  Lei Municipal nº 1.752, de 10 de novembro de 2014, assinada pelo prefeito Dúlcio da Silva Mendes (PT), em seu o Artigo 1º  estabelece que “é proibida a permanência de animais soltos nas vias públicas localizadas nas áreas urbana e rural do município de Guajará-Mirim”.

Já o Artigo 6º, em seu Parágrafo Único, Incisos I, II e III, estabelece punições com pagamento de multas assim discriminadas:

  I – 10(dez) UPFs, a título de recolhimento do animal;

II  –  10(dez) UPFs, a título de taxa de recolhimento e manutenção do animal; e

III  –  acréscimo de 05 (cinco) UPFs, na taxa de manutenção por cada dia de recolhimento após o primeiro dia.

Fonte: Estação News.

Sobre o autor

Número de entradas : 3469

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo