Técnico do GEC comemora e diz que vitória era meta para problema no BID Reviewed by Momizat on . Guajará venceu o Genus por 3 a 1 no Aluizão. O time que entrou em campo não estava inscrito no BID e deve ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva   Guajará venceu o Genus por 3 a 1 no Aluizão. O time que entrou em campo não estava inscrito no BID e deve ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva   Rating: 0
Você está aqui:Home » Esportes » Técnico do GEC comemora e diz que vitória era meta para problema no BID

Técnico do GEC comemora e diz que vitória era meta para problema no BID

Guajará venceu o Genus por 3 a 1 no Aluizão. O time que entrou em campo não estava inscrito no BID e deve ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva

 

GEC supera Genus no Aluizão (Foto: Karina Quadros)

Comemorando a vitória, mas ciente do desafio que vem pela frente, o Guajará entrou em campo na última segunda-feira, 12, contra o Genus. O resultado? Foi favorável ao Glorioso. Surpreendendo os torcedores do Aurigrená, o Gec venceu na casa do adversário por 3 a 1.

O técnico Tinho explica que estava ciente do problema com os jogadores que não caíram no Boletim Informativo Diário (BID) e garante que a resposta da força do GEC foi dada no jogo.

– Temos que ser verdadeiros, já sabia desse problema e estávamos preparados. Os jogadores não sabiam, erramos neste ponto, mas tínhamos uma meta para recuperar os pontos que vamos perder.

Tinho ainda afirma que o foco do clube é estar entre os quatro primeiros da competição e para isso acontecer, permanecerá trabalhando com a equipe da mesma forma que preparou para o jogo contra o Genus.

– Queremos classificar entre os quatro, esse é nosso maior objetivo. Estamos profissionalizando nosso clube.

A mudança no clube, explica Tinho, é dentro e fora do campo. Ele diz ainda que o erro em relação a inscrição dos atletas tem um motivo.

– Estamos profissionalizando o Guajará, queremos que nosso clube seja uma grande equipe dentro e fora do campo, mudamos a diretoria, estamos trabalhando no estatuto novo, o antigo tinha quatro folhas e novo tem 18, isso saiu caro para nós, a Confederação Brasileira de Futebol não mandou a senha sem os dirigentes cadastrados e quando mandou não dava mais tempo.

Fonte Globo Esporte RO

Por Karina Quadros e Lívia Costa, Porto Velho

Sobre o autor

Número de entradas : 4039

Deixe um comentário

Voltar para o topo