www.guajarahoje.com.br
SINTERO: CARTA ABERTA A SOCIEDADE GUAJARAMIRENSE Reviewed by Momizat on . O SINTERO- Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia vem através desta comunicar aos pais, alunos e comunidade em geral que os Trabalhadores O SINTERO- Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia vem através desta comunicar aos pais, alunos e comunidade em geral que os Trabalhadores Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » SINTERO: CARTA ABERTA A SOCIEDADE GUAJARAMIRENSE

SINTERO: CARTA ABERTA A SOCIEDADE GUAJARAMIRENSE

SINTERO-300x168O SINTERO- Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia vem através desta comunicar aos pais, alunos e comunidade em geral que os Trabalhadores em Educação municipais de Guajará-Mirim estão em GREVE desde o último dia 16/02/2016, em virtude das seguintes razões: Desde de novembro ficamos sem receber os pagamentos de dezembro, décimo terceiro, sexto de férias. Recebemos os mesmos (dezembro e décimo) neste ano, entretanto isso ainda não está regularizado, pois estamos sem previsão de receber os salários subsequentes (fevereiro até dezembro).

Escolas sem condições mínimas de trabalho, falta de material de limpeza, além do que estamos sem créditos no banco e no comércio, pois a prefeitura não está pagando os encargos e consignados.Paira sobre nós uma grande incerteza de como iremos manter nossos compromissos e sustentar nossos filhos, pois ninguém nos vende, porque não temos previsão de pagamento.

Dado exposto, solicitamos o apoio no sentido de virem somar conosco nessa luta, pois estamos conscientes que temos que repor nossas aulas, porém não podemos continuar do jeito que estamos. Portanto, clamamos os pais e a comunidade em geral para virem lutar conosco e fortalecer nossa luta, pois, estar em greve é o último recurso que nossa categoria possui para que sejamos ouvidos e atendidos.

SINTERO filiado à CUT e CNTE

Sobre o autor

Número de entradas : 3557

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo