Nas margens do Rio Guaporé, primeiro vestibular é aplicado dentro de aldeia indígena, Ricardo Franco Reviewed by Momizat on . Na aldeia Ricardo Franco, 14 índigenas com um sonho em comum, participaram do primeiro vestibular aplicado dentro de terras indígenas em Rondônia. Todos desejam Na aldeia Ricardo Franco, 14 índigenas com um sonho em comum, participaram do primeiro vestibular aplicado dentro de terras indígenas em Rondônia. Todos desejam Rating:
Você está aqui:Home » Notícias » Nas margens do Rio Guaporé, primeiro vestibular é aplicado dentro de aldeia indígena, Ricardo Franco

Nas margens do Rio Guaporé, primeiro vestibular é aplicado dentro de aldeia indígena, Ricardo Franco

Na aldeia Ricardo Franco, 14 índigenas com um sonho em comum, participaram do primeiro vestibular aplicado dentro de terras indígenas em Rondônia. Todos desejam ingressar na universidade. A prova foi aplicada nas margens do Rio Guaporé, próximo ao município de Guajará-Mirim (RO).

Para chegar na aldeia, a equipe que auxiliou no processo de aplicação das provas viajou por 10 horas, sendo seis horas na estrada e mais quatro pelo rio.

Professoras encararam 10 horas de viagem para chegarem a aldeia (Foto: Maíra Bittencourt/ Arquivo Pessoal )

Os 14 indígenas, de nove aldeias diferentes, se inscreveram para o curso de Licenciatura em Educação Básica Intercultural, na Universidade Federal de Rondônia (Unir), no campus de Ji-Paraná (RO). O curso existe há 10 anos com a finalidade de formar educadores para atuarem nas escolas indígenas. O vestibular foi realizado no último sábado (11).

Uma das inscritas é Gleiciane Canoé, ela fez o vestibular em 2013, mas não foi aprovada. Por causa das dificuldades no deslocamento, precisou abandonar por cinco anos o sonho de tentar novamente uma vaga na universidade.

“Quando eu soube que ia ter vestibular aqui eu até me assustei, porque todos os vestibulares são na cidade. Quando falaram que ia ser aqui eu pensei, vou me inscrever o mais rápido possível porque eu não quero perder”, disse Gleiciane.

Sobre o autor

Número de entradas : 4067

Deixe um comentário

Voltar para o topo