www.guajarahoje.com.br
Genus vence Guajará por 3 a 0 e assume liderança do 2° turno no estadual 2017 Reviewed by Momizat on . Time de Porto Velho dominou campo por quase 90 minutos no Aluízio Ferreira; partida começou atrasada porque o Guajará não chegou a tempo em campo [caption id="a Time de Porto Velho dominou campo por quase 90 minutos no Aluízio Ferreira; partida começou atrasada porque o Guajará não chegou a tempo em campo [caption id="a Rating: 0
Você está aqui:Home » Esportes » Genus vence Guajará por 3 a 0 e assume liderança do 2° turno no estadual 2017

Genus vence Guajará por 3 a 0 e assume liderança do 2° turno no estadual 2017

Genus vence Guajará por 3 a 0 e assume liderança do 2° turno no estadual 2017

Time de Porto Velho dominou campo por quase 90 minutos no Aluízio Ferreira; partida começou atrasada porque o Guajará não chegou a tempo em campo

Confronto começou com 15 minutos de atraso, em Porto Velho (Foto: Karina Quadros/Rede Amazônica)

Genus e Guajará encerraram, na noite desta quinta-feira, 1°, a 6ª rodada do Campeonato Rondoniense 2017. No confronto, que aconteceu no estádio Aluízio Ferreira, o time da capital dominou o campo por quase 90 minutos, marcou 3 gols e assumiu a liderança do segundo turno com saldo de gols.

Marcada para começar às 20h desta quinta, o jogo começou 15 minutos depois, pois o GEC chegou atrasado no campo em Porto Velho. Após o árbitro dar início à partida, o atacante Tcharlles, do Genus, mostrou que não daria chance para o adversário.
Já nos minutos iniciais do primeiro tempo Tcharlles bateu para o gol e quase marcou. Minutos após a tentativa frustrada, o atacante do Genus tentou avançar para o gol, mas a zaga do GEC colocou a bola para fora de campo.
Tcharlles novamente recebeu a bola pela esquerda, de frente para o gol, chutou e o goleiro Bruno defendeu. Aos dez minutos do primeiro tempo, Giovani lança para a área e, de cabeça, Eduardo Rato marca o primeiro gol do Genus.
Após abrir o placar, Tcharlles ataca novamente contra o GEC. Aos 18 minutos, Leivinha lançou a bola para a área e Tcharlles marcou o segundo gol do Genus.
 

Goleiro reserva do time assumiu a posição de Maranhão após ele se machucar em campo (Foto: Karina Quadros/Rede Amazônica)

Goleiro reserva do time assumiu a posição de Maranhão após ele se machucar em campo (Foto: Karina Quadros/Rede Amazônica)

 
 
Ainda sem marcar um gol na partida, o Guajará tem uma chance de balançar a rede no Aluízio Ferreira, durante uma cobrança de falta. Tenório cobrou, mas a bola bateu no travessão. Na sequência, Thiago do GEC faz uma falta em cima de Tcharlles e acabou levando cartão amarelo.
Tentando reverter a situação, já que entrou no campo buscando melhorar a pontuação da tabela, o Guajará fez a primeira mudança no primeiro tempo: Juma saiu para dar lugar ao Anderson.
Após a substituição, Salada, do GEC, faz falta em Giovani e também levou cartão amarelo. Tcharlles cobrou na sequência, mas a bola foi para fora.
Nos 37 minutos do primeiro tempo, Tcharlles tocou para Charlinho e o jogador marcou o terceiro gol do Genus. Já nos dois minutos de acréscimo do primeiro tempo, Luan se aproximou do gol do GEC, mas bateu para fora.
Segundo tempo
No segundo tempo do confronto, Tcharlles voltou a atacar o GEC na busca do 4° gol. O atacante passou a bola para Rato, que acabou perdendo o gol. Tcharlles de novo chegou sozinho contra o adversário, mas acabou chutando para fora.
Com boa vantagem sobre o adversário, o Genus fez duas mudanças do jogo: Leandro entrou no lugar de Hurtado e Lucas no lugar de Tcharlles. O Guajará também mexeu no elenco: o goleiro reserva do time assumiu a posição de Maranhão após ele se machucar em campo.
 

Torcedores acompanham duelo entre GEC e Genus (Foto: Karina Quadros/G1)

Torcedores acompanham duelo entre GEC e Genus (Foto: Karina Quadros/G1)

 
Já com uma vantagem de gols, o Genus fez nova troca de elenco: Rato saiu para dar lugar a Israel.
Batendo o desespero para marcar um gol, Cortez, do Guajará, levou um cartão amarelo depois reclamar da arbitragem.
Com elenco já cansado, na reta final do segundo tempo, o goleiro do Guajará, Bruno, foi expulso de campo após levar um cartão amarelo e confrontar o juiz.
Aos 45 do segundo tempo, o árbitro ainda deu dois minutos de acréscimo no Aluízio Ferreira, porém o GEC não conseguiu reverter a situação e o jogo terminou com a vitória do Genus por 3 a 0.
A partida desta quinta-feira teve 139 pagantes e uma renda de R$ 1.310, segundo a Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER).
 
Fonte: Globo Esporte RO

Sobre o autor

Número de entradas : 3254

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo