Nasce um novo dia
Cuidado! Cresce o índice de roubos de celulares em Guajará-Mirim Reviewed by Momizat on . Na delegacia de polícia são constantes os registros de ocorrências policiais relatando essa modalidade de roubo, que vem se proliferando no município. [caption Na delegacia de polícia são constantes os registros de ocorrências policiais relatando essa modalidade de roubo, que vem se proliferando no município. [caption Rating: 0
Você está aqui:Home » Polícia » Cuidado! Cresce o índice de roubos de celulares em Guajará-Mirim

Cuidado! Cresce o índice de roubos de celulares em Guajará-Mirim

Na delegacia de polícia são constantes os registros de ocorrências policiais relatando essa modalidade de roubo, que vem se proliferando no município.

Imagem ilustrativa

A crescente onda de roubos de celulares em Guajará-Mirim é preocupante. Os ladrões agem armados com terçados, facas e até armas de fogo para intimidar, ameaçar e obrigar as vítimas a entregarem os celulares. O valor do prejuízo para as vítimas, varia de acordo com o modelo do celular.  Na delegacia de polícia são constantes os registros de ocorrências policiais relatando essa modalidade de roubo, que vem se proliferando no município.

No início da madrugada desta terça-feira (18), Geovane F. A. 23 anos, trafegava pela Avenida Antônio Luiz de Macedo, bairro 10 de Abril, quando se aproximou dele uma indivíduo e posse de um facão obrigou a vítima a entregar seu aparelho celular marca Samsug, modelo J7 de cor dourada. Após se apossar do celular, o ladrão evadiu-se do local.

Outro caso aconteceu em plena luz do dia desta terça-feira (18). Por volta das 12h30min, Roberta F. P. 36 anos trafegava pela Avenida Marechal Deodoro, em frente a Escola Floriza Bouez, bairro Serraria, quando dois indivíduos lhe abordaram. Um deles encostou a ponta de uma faca na cintura da vítima, obrigando a mesma a entregar o celular marca Gramprime, de cor branca. A dupla foi embora levando o celular. Os dois casos foram registrados na delegacia de polícia e estão sendo investigados.

Fonte: Guajará Hoje.

Sobre o autor

Número de entradas : 3815

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo