Caminhonhete Hilux roubada em Machadinho do Oeste é retirada do fundo do rio Mamoré no Distrito do Iata. Reviewed by Momizat on . Quatro homens armados e encampuzados invadiram uma residência na área rural do muncipio de Machadinho do Oeste no dia 26 de março deste ano, renderam um casal e Quatro homens armados e encampuzados invadiram uma residência na área rural do muncipio de Machadinho do Oeste no dia 26 de março deste ano, renderam um casal e Rating:
Você está aqui:Home » Polícia » Caminhonhete Hilux roubada em Machadinho do Oeste é retirada do fundo do rio Mamoré no Distrito do Iata.

Caminhonhete Hilux roubada em Machadinho do Oeste é retirada do fundo do rio Mamoré no Distrito do Iata.

Quatro homens armados e encampuzados invadiram uma residência na área rural do muncipio de Machadinho do Oeste no dia 26 de março deste ano, renderam um casal e uma criança e anunciaram o assalto. Os ladrões se apossaram de uma caminhonete TOYOTA HILUX CD 4X4, PLACA OHR 0666 e uma motocicleta Honda NXR 160 Bros, de cor branca. Os ladrões levaram também uma TV de 42 polegadas e um aparelho celular.

As vítimas foram amarradas e colocadas no interior da caminhonete e levadas para próximo do município de Ariquemes, sendo deixadas amarradas em uma mata.
Na ocasião, a polícia conseguiu recuperar a motocicleta e prender dois dos suspeitos de terem praticado o roubo. Já a caminhonete foi trazida para a região de Guajará-Mirim e no momento em que os receptadores estavam levando-a para a Bolívia, através do Distrito do Iata, a mesma caiu da embarcação no meio do rio.

A vítima ficou sabendo do ocorrido e um parente veio para Guajará-Mirim e depois de mais de trinta dias de investigação, descobriu-se o local exato onde a caminhonete estava afundada. Com a ajuda de mergulhadores profissionais, a caminhonete foi resgatada do fundo rio, bantante danificada, na manhã desta terça-feira (8).

Mais prejuízos

Enquanto estava trabalhando na retirada da caminhonete do fundo do rio, o homem (parente da vítima do roubo) deixou uma voadeira de 5,70 metros com motor de popa mercury 15 HP 2T na margem do rio no Distrito do Iata e quando retornou, a referida voadeira com o motor haviam sido furtados. No no interior da voadeira haviam também equipamento de mergulho, uma caixa de ferramentas e uma bateria de carro.

Fonte: Guajará Hoje.

Sobre o autor

Número de entradas : 4039

Deixe um comentário

Voltar para o topo