www.guajarahoje.com.br
BRASILEIROS TROCAM TIRO COM POLÍCIA BOLIVIANA EM GUAYARAMERIN. Reviewed by Momizat on . Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo,  da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime. Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo,  da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime. Rating: 0
Você está aqui:Home » Polícia » BRASILEIROS TROCAM TIRO COM POLÍCIA BOLIVIANA EM GUAYARAMERIN.

BRASILEIROS TROCAM TIRO COM POLÍCIA BOLIVIANA EM GUAYARAMERIN.

BRASILEIROS TROCAM TIRO COM POLÍCIA BOLIVIANA EM GUAYARAMERIN.

Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo,  da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime.

Imagens captaram o momento da ação dos assaltantes brasileiros

Três brasileiros foram presos na manhã desta terça-feira, 08, pela população de Guayarameríin-Beni/Bolívia e Polícia Boliviana. Os criminosos tentaram escapar e iniciou disparos contra os transeuntes. Os brasileiros tentaram roubar uma motocicleta, mas com a força do proprietário do veículo,  da intervenção de mototaxistas e policiais frustraram o crime.

Testemunhas disseram que os brasileiros chegaram à cidade em um veículo e seguiu o motorista da motocicleta, e em via pública mesmo, tentaram tomar seu bem, mas ele resistiu e começou a pedir ajuda.

O motociclista aos gritos foi atendido pelos mototaxistas e vizinhos que cercaram os criminosos, estes começaram a disparar até que a polícia chegou e respondeu com disparos.

Luiz Darlan é acusado de praticar dois latrocínios no Brasil e Valdenis de Souza, atingido no braço.

Após alguns minutos, três pessoas foram apreendidas. Foram presos os brasileiros: Valdenis de Souza, atingido no braço, sendo socorrido no Hospital local.

Luiz Darlan Pestana de Brito está foragido no Brasil, tendo dois mandados de prisão, referente à prática de crime de latrocínio. 

Segundo a Polícia Boliviana, Márcia dava suporte a dupla de assaltantes

Márcia Regina Brito Sales prestava apoio a dupla. O trio estava residindo na Bolívia e pretendia praticar crimes naquela cidade boliviana.

Os presos foram recolhidos a carcerária de Guayaramerin, e de acordo com informações repassadas a reportagem do jornal e site O Mamoré, permanecerão por lá até que sejam julgados pela Justiça Boliviana.

O Comando da Polícia Boliviana contou com o apoio da Polícia Civil de Guajará-Mirim e de policiais da 1ª Unidade Especializada de Fronteira (Unesfron).

Foi apreendido uma arma de fogo e um canivete com os assaltantes brasileiros

Fonte: O Mamoré

 

Sobre o autor

Número de entradas : 3457

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo