Avião com 500 kg de cocaína, que saiu da Bolívia é interceptado pela FAB em Mato Grosso Reviewed by Momizat on . O bimotor fez um pouso forçado em Nova Fernandópolis Um avião bimotor com cerca de 500 kg de cocaína por interceptado por um caça Super Tucano da Força Aérea Br O bimotor fez um pouso forçado em Nova Fernandópolis Um avião bimotor com cerca de 500 kg de cocaína por interceptado por um caça Super Tucano da Força Aérea Br Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » Avião com 500 kg de cocaína, que saiu da Bolívia é interceptado pela FAB em Mato Grosso

Avião com 500 kg de cocaína, que saiu da Bolívia é interceptado pela FAB em Mato Grosso

O bimotor fez um pouso forçado em Nova Fernandópolis

Um avião bimotor com cerca de 500 kg de cocaína por interceptado por um caça Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) nesta terça-feira, na Regiçao de Nova Fernandópolis, em Mato Grosso. A aeronave saiu da Bolívia e não tinha um plano de voo.

Segundo a FAB, o piloto de defesa aérea seguiu o protocolo das medidas de policiamento do espaço aéreo. A aeronave da FAB não teve resposta do bimotor. Na sequência, o piloto de defesa aérea ordenou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aeródromo de Cuiabá (MT), porém o piloto do avião interceptado não obedeceu.

Quando a defesa aérea estava prestes a comandar o tiro de aviso, o avião interceptado realizou pouso forçado na área rural de Nova Fernandópolis. Um helicóptero da Polícia Militar do Mato Grosso foi acionado e transportou a equipe da Polícia Federal para fazer a abordagem da aeronave no solo.

Avião interceptado pela FAB em Mato Grosso – Divulgação/FAB

A aeronave está registrada no nome de Lucas Maikon Gusmão de Lima, de 28 anos. O bimotor foi fabricado em 1976, e o certificado de aeronavegabilidade, necessário para a operação da aeronave, venceria no dia 28 deste mês.

A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira, a Polícia Federal e órgãos de segurança pública. Três aeronaves de defesa aérea A-29 Super Tucano da FAB e um avião radar E-99 foram empregadas para monitorar e interceptar o avião bimotor.

Droga apreendida na aeronave interceptada – Divulgação/FAB

Fonte: O GLOBO

Sobre o autor

Número de entradas : 4067

Deixe um comentário

Voltar para o topo