www.guajarahoje.com.br
Alunas adolescentes são flagradas ingerindo bebida alcoólica dentro da sala de aula em Guajará-Mirim. Reviewed by Momizat on . Uma das alunas ficou em estado de embriaguez alcoólica e não conseguia abrir os olhos e nem ouvir a voz das funcionárias  da escola Três  alunas adole Uma das alunas ficou em estado de embriaguez alcoólica e não conseguia abrir os olhos e nem ouvir a voz das funcionárias  da escola Três  alunas adole Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » Alunas adolescentes são flagradas ingerindo bebida alcoólica dentro da sala de aula em Guajará-Mirim.

Alunas adolescentes são flagradas ingerindo bebida alcoólica dentro da sala de aula em Guajará-Mirim.

Alunas adolescentes são flagradas ingerindo bebida alcoólica dentro da sala de aula em Guajará-Mirim.

Uma das alunas ficou em estado de embriaguez alcoólica e não conseguia abrir os olhos e nem ouvir a voz das funcionárias  da escola

Três  alunas adolescentes de uma escola estadual de Guajará-Mirim, sendo elas de 16, 15 e 14 anos foram flagradas ingerindo bebida alcoólica em sala de aula. Uma delas, a de 14 anos, teria levado a bebida em sua mochila, sendo uma garrafa de Catuaba e outra Velho Barreiro e passaram a ingerir em plena sala de aula.  A aluna de 16 anos ficou em estado de embriaguez alcoólica e não conseguia abrir os olhos e nem ouvir a voz das funcionárias  da escola

Policiais militares foram acionados  e quando a guarnição chegou na escola se deparou com a aluna de 16 anos em visível estado de embriaguez alcoólica e suas vestes sujas de vômito. Ao lado estava a aluna de 14 anos, a qual confessou que havia levado a bebida para escola.

Em virtude do estado alcoólico da aluna de 16 anos, a guarnição acionou a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros e a mesma foi conduzida ao Hospital Regional, onde permaneceu sob cuidados médicos na companhia de sua genitora.

De acordo com informações repassados por outros alunos, duas das alunas levaram bebida para a sala de aula e estavam ingerindo numa garrafa de água mineral, disfarçadamente. As alunas foram conduzidas à Delegacia de Policia Policial acompanhadas de uma conselheira tutelar, onde foi registrada a ocorrência policial. 

Fonte: Portal Guajará.

Sobre o autor

Número de entradas : 3457

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo