Agentes da Força Nacional apreendem gasolina contrabandeada em Guajará-Mirim Reviewed by Momizat on . Apreensão foi na manhã desta quarta-feira (8), no bairro 10 de Abril da região. Material será doado. Agentes da Força Nacional de Segurança apreenderam nesta qu Apreensão foi na manhã desta quarta-feira (8), no bairro 10 de Abril da região. Material será doado. Agentes da Força Nacional de Segurança apreenderam nesta qu Rating:
Você está aqui:Home » Notícias » Agentes da Força Nacional apreendem gasolina contrabandeada em Guajará-Mirim

Agentes da Força Nacional apreendem gasolina contrabandeada em Guajará-Mirim

Apreensão foi na manhã desta quarta-feira (8), no bairro 10 de Abril da região. Material será doado.

Agentes da Força Nacional de Segurança apreenderam nesta quarta-feira (8) em Guajará-Mirim (RO), município a pouco mais de 320 quilômetros de Porto Velho, 650 litros de gasolina contrabandeada da Bolívia.

A ação aconteceu em um depósito no bairro 10 de Abril, onde, segundo a polícia, já foram realizadas outras apreensões. Porém, a venda ilegal sempre é retomada. Até o momento, ninguém foi preso.

As garrafas e galões com o combustível foram levados ao prédio da Receita Federal e serão doados para órgãos públicos. Os moradores da região, onde a gasolina foi apreendida, declararam que a movimentação de veículos no local é intensa e a venda é feita por bolivianos.

Eles trazem o combustível de Guayaramerin, na Bolívia, para revender em Guajará-Mirim com um preço abaixo do que é cobrado no combustível brasileiro. As investigações seguem em andamento.

Apreensões anteriores

Em maio deste ano, a Polícia Militar Ambiental apreendeu mais de 2 mil litros de gasolina contrabandeada também em Guajará-Mirim. Na ocasião, quatro bolivianos foram presos.

O material foi apreendido durante uma fiscalização rotineira, que totalizou 2.215 litros de gasolina trazida do país vizinho para ser vendida ilegalmente em território brasileiro.

Em setembro do ano passado, a polícia apreendeu 112 litros de gasolina contrabandeada no Bairro Santa Luzia. À época, um adolescente boliviano de 16 anos foi apreendido junto com a carga, mas acabou sendo liberado.

Fonte: G1 RO – Leile Ribeiro

Sobre o autor

Número de entradas : 4037

Deixe um comentário

Voltar para o topo