www.guajarahoje.com.br
A solução da transposição está com os advogados e não com o TCU, AGU e os cambaus Reviewed by Momizat on . [caption id="attachment_665" align="aligncenter" width="640"] Carlos Terceiro[/caption] Alguns internautas que preferem ouvir mentiras a verdades me xingaram à [caption id="attachment_665" align="aligncenter" width="640"] Carlos Terceiro[/caption] Alguns internautas que preferem ouvir mentiras a verdades me xingaram à Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » A solução da transposição está com os advogados e não com o TCU, AGU e os cambaus

A solução da transposição está com os advogados e não com o TCU, AGU e os cambaus

10394536_711091942295083_7506903168629995034_n

Carlos Terceiro

Alguns internautas que preferem ouvir mentiras a verdades me xingaram à beça e até me mandaram para o inferno porque relatava “pari passu” o andamento da chamada transposição de servidores.

Em psicanálise, aprendemos que existem verdades que representam prescrição de morte. Pois muito bem!. A ação impetrada pelo escritório do advogado Hélio Vieira garante que em relação aos servidores estaduais de Rondônia, em particular os filiados ao nosso querido Sintero, por determinação do Juiz federal Dimis da Costa Braga, a União terá apenas 120 dias para enquadrar os tão desmotivados (por causa da espera) servidores rondonienses. E tem mais: Hélio Vieira e seu escritório conseguiram incutir na cabeça do juiz federal que os demitidos do governo José Bianco fossem enquadrados também porque o STJ considerou ilegal as suas demissões. Em uma coisa Hélio tem razão: as demissões foram ilegais e imorais.

A única pergunta que faço aos amigos internautas e a mim mesmo é a seguinte: Porque cargas d’água não se pensou nessa possibilidade antes, encurtando tanto sofrimento? Ora, porque o sabido tenente Costa e sua trupe tiveram que ir até ao STF para garantir o enquadramento via judicial dos policiais militares se o problema poderia ter sido resolvido na Justiça Federal de Rondônia?.

Nada de consulta da AGU ao TCU, reuniões e pressões da bancada federal, isso de nada vale. A solução está mesmo na Justiça Federal de Rondônia e ponto final. E pensar que tantas passagens aéreas foram gastas com diárias para sindicalistas e autoridades para esse povo todo vir a Brasília realizar reuniões e discussões acerca do tema.

Está tudo resolvido e ponto final. Agora, é só aguardar os 120 dias e receber o contracheque branco do governo federal. O governo federal jamais vai recorrer dessa decisão, porque acho que estão com vergonha em ter sido descumprido o que determina a EC 60. Vamos extinguir a recém-criada Comissão Especial e mandar às favas a MP 660. Parabéns! Acabam as discussões os xingamentos à minha pessoa.

Fonte: Carlos Terceiro, de Brasília

Sobre o autor

Número de entradas : 3478

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo