www.guajarahoje.com.br
Transposição: crise política e econômica pode atrapalhar o plano dos servidores Reviewed by Momizat on .                                                        Carlos Terceiro, de Brasília/DF O governo federal não vem enrolando de uma só vez a bancada federal de Ro                                                        Carlos Terceiro, de Brasília/DF O governo federal não vem enrolando de uma só vez a bancada federal de Ro Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » Transposição: crise política e econômica pode atrapalhar o plano dos servidores

Transposição: crise política e econômica pode atrapalhar o plano dos servidores

10394536_711091942295083_7506903168629995034_n                                                       Carlos Terceiro, de Brasília/DF

O governo federal não vem enrolando de uma só vez a bancada federal de Rondônia, sindicalistas e servidores há muito tempo à toa. Não é novidade para ninguém que eles não querem a transposição de servidores estaduais no plano federal.

Muito embora alguns tenham até me mandado para o inferno porque estou exercendo a minha árdua função de informar como jornalista, pelo pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff pedindo paciência à população para que espere até o final do segundo semestre deste ano (Dezembro) onde poderá haver uma “reação” na economia desse país já podemos perceber que a ordem é cortar gastos. Além do mais, ela cortou recursos ao Orçamento Geral da União para os municípios, na ordem de R$ 736 milhões, colocando todos eles no desespero total. Os concursos públicos estão sendo suspensos porque a União não tem caixa suficiente para pagar o pessoal. Existem técnicos na capital federal que falam até em atraso de pagamento salarial para servidores federais coisa que como servidor público há mais de 30 anos nunca ouvi falar.

O país está descendo a ladeira da recessão e muito embora o Ministério do Planejamento tenha publicado a Portaria 481 de 22/12/2014 nomeando a Comissão para trabalhar triplamente (agora com Roraima, Amapá e Rondônia) analisando processos e encaminhando para possível aproveitamento funcional nas folhas do governo brasileiro, o problema pode se deparar frente à falta de dinheiro visando à inclusão desses servidores.

Com a lista de Janot, muitos políticos não ficarão à vontade para pleitear coisa alguma, mesmo porque, estão saturados desse assunto e agora preocupados com o seu próprio destino.

Para se ter ideia da gravidade desse país, até agora o Congresso Nacional não aprovou o Orçamento e com isso, todos os ministérios estão sem recursos para nada.

O meu sempre alerta à cerca do assunto tem o fito apenas de colocar em voga a necessidade de mais união com a bancada federal e Deus, que, aliás, nesse momento é o único que poderá fazer alguma coisa pelos servidores .

 

Sobre o autor

Número de entradas : 3469

Deixe um comentário

Todos os direitos reservados a GuajaraHoje

Voltar para o topo